Como perdoar o seu filho


 

Ser pai ou mãe por vezes pode ser uma grande desafio. Hoje vou falar de algo muito importante entre pais e filhos, ou seja: perdoar o seu filho. Ou filha :).

Você já passou ou passa por esta situação? De se sentir chateado ou revoltado com o seu filho por algum conflito que tenha acontecido. Você tenta, mas não conseguir perdoar?

Sentir aquele desconforto, stress e irritação constante e preocupação com o seu filho, ou filha, ou filhos e nem conseguir dormir bem à noite? Sempre com medo que volte a fazer o mesmo. O medo e a ansiedade por não saber como resolver a situação?

Fique comigo que eu vou ajudar neste artigo.

Hoje vou falar sobre alguns erros graves que dificultam o verdadeiro perdão em relação ao seu filho e que talvez nunca tenha percebido isso.E porque isso dificulta a relação com os filhos e agrava as situações gerando mais e mais conflitos.

Adiante também posso explicar porque eu posso falar com segurança sobre isto para além da minha experiência de estudo, atendimento e ensino de EFT da área da Psicologia Energética nestes últimos anos. Tudo isto é comprovado por diversos estudos científicos e experiências pessoais em milhares de pessoas.

Neste artigo não trago qualquer tipo de julgamento. Somos todos humanos. Mas sei como é difícil para muitos, talvez para si também, lidar com este tipo de problema. Que nem sempre à primeira se mostra muito visível, mas que afeta de forma grave a qualidade da vida de muitos. Por isso leia, aproveite e, se achar por bem, partilhe.

Como descobrir se conseguiu de facto perdoar o seu filho?

No coração de qualquer um de nós a intenção de perdão está sempre presente. O perdão é uma Lei de Amor Universal.

Através do perdão se obtém a cura de nós mesmos, seja na vida familiar, seja na saúde, seja na vida financeira.

Os paradigmas de infância e estas situações de falta de perdão existem na história de vida. Vivem na energia seja de quem for não importa a idade que se tenha ou o cargo, ou profissão que se exerça.

Mas então porque é tão difícil, por vezes, sentir o verdadeiro perdão no coração? E quais os sinais que indicam que não conseguiu de facto perdoar o seu filho?

São processos muito profundos que estão alicerçados no nosso sistema de crenças. Funcionam de forma invisível e impedem, a maioria das vezes, de alcançar o perdão de forma real.

Continue a ler para saber se você está ou não de facto a perdoar o seu filho pode fazer uma breve análise. Ainda abordarei como isto afeta o seu filho e a si mesmo/a. E como pode resolver a situação.

Como fazer a análise para descobrir a verdade?

Vou falar de como pode começar a analisar se o perdão verdadeiro de facto existe no seu coração através de exercícios simples.

Ao fazer esta análise consciente não fique só pelo pensamento. Escreva sobre o que lhe vier à mente sobre o assunto. Você pode até escrever sobre o que aconteceu no passado com o seu filho ou filha.

    • Verifique nas suas reações quando o seu filho volta a fazer a mesma coisa que você não gostou. Você pode sentir algum nível de stress ou desconforto emocional. Neste caso a revolta ou raiva, mesmo que reprimida, pode estar presente.
    • Também a culpa pode estar presente por querer perdoar o seu filho, mas não consegue. E continua a sentir-se mal com os erros do jovem, ou da criança, e continua num processo de autosabotagem inconsciente sem perceber.
    • Pode saber aqui como se libertar de culpa em minutos para se perdoar e permitir-se receber tudo o que de facto merece.
    • Analise se volta e meia, volta a pensar no mesmo assunto e sente medo que ele volte a fazer o mesmo. Isso quer dizer que você vive na insegurança e na crença inconsciente ou consciente de que não é seguro libertar-se de revolta ou raiva ou mágoa desse evento que lhe desagradou. Preso/a no passado.
    • Pode sentir também intolerância. Pode não se sentir seguro/a para se libertar porque depois vai deixar que o seu filho volte a fazer o mesmo.
    • Está sempre a chamar a atenção obrigando o seu filho a voltar ao passado com medo que volte a fazer o mesmo.
    • Esta crença funciona de forma, muitas vezes, invisível. Também demonstra falta de auto confiança para gerir e lidar com a situação. Por vezes também impotência.
    • Medos sempre presentes. Na verdade, criam mais das mesmas situações, pois continua a reviver a mesma energia.
    • Saiba aqui como se libertar de revolta em minutos 
    • Sinta, no seu íntimo, se ainda sente algum desagrado sobre o que o seu filho fez que lhe desagradou. Veja se é frequente pensar ou preocupar-se com isso ou expressá-lo nas conversas que tem com família, amigos e até com o seu filho (ou filha).
    • Uma crença bastante enraizada na maioria das pessoas é a da culpa e castigo. A crença de temos que sofrer para aprender, comanda o sistema no subconsciente e energético e faz com que mantenha a dificuldade de perdoar e ajudar a que a criança ou jovem tenha novas oportunidades de aprender.
    • A criança, jovem ou adulto só pode aprender de facto pelo erro e acerto, pois faz parte da vida.
    • É preciso aproveitar o aprendizado de forma positiva e andar em frente. Fazer melhor depois.
    • Se assim não fosse Thomas Newton e muitos cientistas teriam ficado pelo caminho.

Sair da dualidade

Perante as Leis Universais da vida não é possível estarmos em duas vibrações ao mesmo tempo. E o perdão é das energias mais positivas e poderosas.

Se existir raiva, revolta, ressentimento, mágoa, tristeza em amor ou menor grau, ou outro sentimento negativo é muito difícil a energia do perdão verdadeiro estar no seu coração. É um sinal que não conseguiu ainda perdoar o seu filho. Ou outra pessoa.

Quando certos eventos negativos da vida acontecem, principalmente em criança, ficam registos energéticos no seu sistema e essa energia vai continuando a comandar a vida sem se perceber. São criadas redes neurais em função das crenças instaladas no subconsciente.

E é nessa parte da sua mente que são criadas muitas das suas experiências de vida.

Diversas pessoas têm dificuldade em lidar com isso, pois, devido a crenças instaladas de que não estar certo sentir raiva ou revolta, esta está camuflada, reprimida. Não consegue libertar a verdade dentro de si mesmo.

Isto causa por vezes, problemas de saúde e problemas financeiros diversos.

Também a consciência da raiva e revolta com os erros dos filhos pode estar bem presente, embora não se queria pensar nisso e aí até fica mais fácil de libertar.

Seja de uma forma ou outra há técnicas, hoje em dia, que ajudam nessa libertação para restituir o bem-estar, saúde e prosperidade em todas as áreas da vida.

Acredito que o seu coração é bom, querido leitor, por isso sei que vai alcançar a paz que precisa.

Por vezes esquecemos que também fomos crianças e que o erro faz parte do nosso processo de crescimento para nos ajudar a aprender e a ter melhores oportunidades de vida.

Como a criança reage à falta de perdão?

como perdoar o seu filho

O seu filho, ou filha, pode reagir de diversas formas.

Tenho tido vários casos de alunas em que a criança, ao sentir-se continuamente julgada pelos erros passados, vive no desespero interno e inconsciente ou até consciente de provar que é um bom menino. Mesmos sendo adulto.

Pode viver, sem perceber, numa luta constante de culpa castigo pela vida fora e a tentar agradar à mãe ou ao pai, sem perceber, nem que tenha 50 anos ou os pais tenham falecido.

Isto acontece porque a mente não reconhece passado nem futuro. Geram-se as crenças e a sua mente acredita que é essencial viver assim para sobreviver. Pois, os pais são o modelo mais importante da vida de uma criança e isso segue conosco pela vida.

Não importa o que os pais tenham feito. Nem como as coisas estejam hoje. O subconsciente comanda e não faz diferença disso até lhe ser mostrada de forma eficaz uma nova realidade.

Ao mesmo tempo, existe um conflito interno.

Os votos de lealdade à família e os votos de rebeldia. Esses são o comandam e que conduzem a crenças e comportamentos mentais face à saúde e ao dinheiro pela vida fora.

Por um lado a revolta do pai ou a mãe o ter criticado, não dar atenção, castigado, etc.Esta é a base para criar muitas doenças e problemas financeiros, na verdade.

Por outro lado, o desespero porque os pais deveriam ter feito melhor e afinal, era só uma criança querendo o seu amor. Se isso faltou fica o vazio e o desespero. Isso faz com que pessoa vibre no vazio, portanto é difícil ter abundância na vida.

Nesse desespero pode querer mostrar a verdade aos pais pela vida fora, mesmo que não viva com eles. Isso reflete-se na vida financeira também e com as relações sociais e amorosas.

Também o desespero e frustração à procura do perdão existe neste casos de forma inconsciente afetando, muitas vezes, a vida de forma mais ou mesmo grave conforme as situações.

Como afecta o fluir do dinheiro na sua vida.

Na vida financeira afeta de forma muito grave séria porque o dinheiro é a base da nossa sobrevivência e qualidade de vida. E recebe-se em função do nosso merecimento. Você precisa estar liberto/a de todos os conflitos internos e culpas para que possa fluir.

O dinheiro é uma energia muito importante na vida com que precisamos ter uma boa relação interna.

Se vive na tristeza porque nunca se sentiu perdoado pelo pai ou mãe e acredita precisar desse perdão.

Então você pode estar a culpar-se e sabotar-se pela vida para mostrar sofrimento aos pais e ter a pena e o perdão deles. Há uma série de crenças por detrás disso. Vivem no subconsciente e são fáceis de detectar através de testes específicos com a EFT.

Como a falta do perdão verdadeiro afecta os pais?

Se é mãe ou pai e ainda sente ressentimento ou algum tipo de emoção negativa em relação a um erro cometido pelo seu filho esse é também um facto que sabota, normalmente, a sua vida.

Por isso é importante encontrar a paz dentro de si e perdoar o seu filho para o vosso bem estar mais elevado.

Pode parecer estranho, mas é assim que nossa mente funciona. Conforme as crenças e a situações que aconteceram na infância e que causaram choques graves a nível energético conduzindo a muito sofrimento pela vida fora.

Surge a sobrecarga, mesmo que não pareça, da preocupação diária em relação ao conflito que tenha com o seu filho. Os medos, as inseguranças, o desconforto emocional diverso afetam a sua saúde e as suas finanças a maior parte das vezes.

Mesmo que esteja com saúde e a vida corra bem, afeta todo a sua energia a um nível sempre muito subtil, pois está presente a falta de paz tão importante ao seu bem estar.

Como perdoar de verdade o seu filho?

como perdoar o seu filho

Através da aplicação das Técnicas da EFT você pode facilmente libertar-se dessa energia e conduzir-se a um estado de amor profundo e compreensão. sentindo-se seguro para perdoar o seu filho, ou a quem quer que seja, para estar em harmonia consigo mesmo.

Dessa forma vai ter mais autoconfiança e autoridade como pai ou mãe. Agora você pode resolver, de forma mais fácil, as situações futuras que possam vir a acontecer com o seu filho. A vida não espera.

Continue a ler que vou mostrar-lhe alguns passos que você pode dar para resolver agora esta situação.

Dos exercícios mais importantes para fazer para ajudar a perdoar o seu filho serão:

  • Libertar da revolta ou raiva
  • Libertar de culpas
  • E de todos os sentimentos associados a todos os detalhes de eventos e crenças relacionados com as situações desagradáveis que tenham acontecido.
  • Desta forma instala-se a profunda e verdadeira compreensão. A mente e o seu sistema energético e nervoso livre destas situações negativas encontra soluções para resolver os problemas com o seu filho e a paz interior e autoconfiança que precisa.

Libertar deste fardo pesado vai ajudá-lo/a a ser livre, ter prosperidade integral na sua vida. Viver na paz e amor no seu coração encontrando assim, finalmente, o perdão verdadeiro que procurava alcançar.

Se gostou deste artigo comente e partilhe. Pois, há sempre alguém que pode precisar.

Abraço e grata por estar aqui.

Até ao próximo post.


Sobre mim | Website

Olá.No caso de ser novo/a por aqui permita-me apresentar-me. Sou a Cristina Teixeira. Sou Formadora profissional de EFT- Técnicas de Libertação Emocional e de outras técnicas Energéticas ( em breve disponíveis) A minha missão é ajudar pessoas que querem seguir o chamado do seu coração, sentirem-se realizadas e valorizadas a fazer o que amam.Espero que goste, comente e compartilhe os meus posts. Seja sempre bem vindo/a.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!